ABI - Liberdade de imprensa
SEPARAÇÃO

Rompimento entre o prefeito Marcelo Belitardo e o vice-prefeito Yuri Fernandes pode está relacionado com favorecimento em licitações

Prefeito se irritou ao tomar conhecimento que o vice-prefeito estava agindo nos bastidores para beneficiar empresas ligadas a amigos.

05/07/2021 14h21Atualizado há 3 semanas
Por: Vanderlei Filho
Foto/Reprodução
Foto/Reprodução

Em pouco mais de seis meses à frente da gestão da Prefeitura de Teixeira de Freitas, o prefeito Marcelo Belitardo (DEM), rompeu com o vice-prefeito Yuri Santos Fernandes (DEM). 

Em 2020, a dupla foi eleita com 45.433 votos, derrotando o então prefeito Temóteo Brito (PP) que totalizou 12.163 votos. 

Quando foi empossado no início de Janeiro no plenário da Câmara Municipal Yuri afirmou: "Quero dizer a vocês que será uma gestão participativa. Vamos agora começar a construção de uma nova história para nossa cidade. Tenho certeza disso e tenho fé". Mas pelo visto ele não esperava que a sua própria participação dentro da administração Marcelo Belitardo chegaria ao fim tão cedo. 

Segundo fontes ligadas ao portal de noticias Zero Hora News,  o rompimento entre os dois se deve, principalmente, por questões de "Lobby" com suposto favorecimento nas licitações realizadas no município.

Marcelo estaria insatisfeito com a atuação de Yuri nos bastidores do mundo da licitação, uma vez que vinha tentando de todas as formas e sem seu consentimento, ajudar com o famoso jeitinho brasileiro seus amigos a lograr êxito em vários certames disputados.

O vice-prefeito estaria através de alguns empresários, vereadores, servidores e um lobista da cidade tentando manipular de todas as formas a comissão permanente  de licitação (COPEL). Eles tentaram obter êxito junto ao prefeito para apadrinhar empresas ligadas ao seu grupo formado unicamente com o proposito de obter favorecimento ilegal.   

A gota d'água se deu durante a disputa da licitação de máquinas e equipamentos que levou o prefeito Marcelo Belitardo autorizar a suspenção do processo licitatório Nº 0036/2021 após suspeita de fraude e prática de favorecimento regado a um forte "lobby" que seria influenciar decisões importantes tomadas pelo poder público por parte do vice-prefeito Yuri Santos Fernandes e mais alguns membros do poder legislativo, conforme noticiado amplamente pelo portal de notícias opinião pública. A fraude supostamente envolvia alguns itens e apontavam para evidências de favorecimento ilegal em face da empresa  Luz Empreendimentos Ltda, tendo como sócio proprietário o Sr. Diogenes Alexandre Medeiros Luz (PSDB), ex-vereador da cidade de Teixeira de Freitas e também  candidato a vice-prefeito na última eleição na coligação da então candidata a prefeita Marta Helena (PSDB). 

Durante o momento que ocorria o Pregão Presencial, um empresário filmou a estranha presença do vice-prefeito Yuri Fernandes do lado de fora do local aonde acontecia o certame, bem como a presença de dois vereadores que de forma também estranha estiveram presente durante toda a duração da licitação e segundo informações exerceram inclusive forte influencia na pregoeira Magda de Seles Guimarães fazendo com que ela, voltasse atrás em uma desclassificação de uma determinada empresa. Há indícios forte que supostamente informações sigilosas em relação a composição das planilhas dos itens a serem licitados foram vasados para o grupo do vice-prefeito. Sem falar da presença de servidores contratado do município que em pleno horário de trabalho estava acompanhando a licitação em atribuições estranhas ao cargo que ocupa conforme consta na lei 8.112/90.

O Pregão Presencial realizado no dia (07/04), foi estranhamente suspenso e assim ainda continua sem nenhuma fundamentação legal dado pela pregoeira, que interpelada pelos representantes das demais empresas participantes no processo licitatório, resumiu-se a manter-se em silêncio. 

Segundo informações apuradas pela reportagem o prefeito Marcelo Belitardo, disse a um interlocutor ao ficar sabendo do ocorrido que não podia tolerar tal atitude por parte de Yuri, tendo inclusive o avisado já anteriormente,  “ Não vou admitir que nenhum servidor tenha relação com o pessoal da licitação, e tão pouco fiquem articulando com vereadores ou com quem quer que seja para que amigos sejam beneficiado, o certame é público e que vença quem tiver o melhor preço a oferecer para nosso município. Eu sou prefeito e não vou ao departamento de licitação".

Do outro lado o vice-prefeito Yuri Fernandes confidenciou a amigos e chamou a atenção de que familiares de Marcelo Belitardo é quem de fato mandam na prefeitura, mesmo sem terem sido nomeados a cargos públicos. Disse ainda que muitas pessoas da cidade de Itamaraju estão sendo contratados pela atual gestão ocupando assim a vaga de profissionais teixeirense que já sofre com a falta de emprego e sem falar das licitações que estranhamente só ganham empresas de fora da nossa cidade. Minha luta não é para beneficiar a amigos como pensa o prefeito, mas sim diferentemente dele meu único objetivo foi sempre dar oportunidade aos nossos empresários locais.   

Como dizia o nosso grande poeta Vinicius de Moraes, que nos deixou a mais de 30 anos em uma de suas mais bela poesias intitulada de "soneto da fidelidade" já no final da última estrofe ele termina assim dizendo: " que seja infinito enquanto dure". Essa poesia bem serve para representar um grande número de amores rompidos politicamente falando em várias cidades brasileiras. 

Matérias relacionadas

Ruas e avenidas em Teixeira de Freitas estão tomadas por erosões e buracos

https://www.zerohoranews.com.br/noticia/9424/ruas-e-avenidas-em-teixeira-de-freitas-estao-tomadas-por-erosoes-e-buracos

“Q.I NA PMTF?” EMPRESÁRIO DENUNCIA ESQUEMA DE FAVORECIMENTO EM LICITAÇÃO MILIONÁRIA. LIGAÇÃO COM VICE-PREFEITO PODE DECIDIR QUEM GANHA OU QUEM PERDE CONTRATO, SEGUNDO DENÚNCIA DE EMPRESÁRIO. 

https://portalopiniaopublica.com/q-i-na-pmtf-empresario-denuncia-esquema-de-favorecimento-em-licitacao-milionaria-ligacao-com-vice-prefeito-pode-decidir-quem-ganha-ou-quem-perde-contrato-segundo-denuncia-de-empresario-entenda/

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.