ABI - Liberdade de imprensa
FRAUDE

TCU investiga militares do Exército e Aeronáutica por fraude em licitações

As irregularidades em contratos que podem chegar a quase 200 milhões de reais.

19/07/2021 11h13
Por: Fernanda Souza
Foto/Reprodução
Foto/Reprodução

Depois de constatar graves indícios de fraude em licitações que chegam a quase 200 milhões de reais, o TCU abriu nesta semana uma investigação contra militares de alta patente do Exército e da Aeronáutica.

No Exército, três comandos estão na mira do tribunal: Comando de Operações Terrestres do Exército Brasileiro, Comando da 11ª Região Militar e Comando da 11ª Brigada de Infantaria Leve. Na Aeronáutica, o órgão investigado é o Grupamento de Apoio de Barbacena. headtopics.com

Essas unidades militares realizaram compras de moveis a partir de uma ata de registro de preços com graves irregularidades flagradas pelo corpo técnico do TCU. “O valor total adjudicado foi de R$ 52.647.354,00, mas, caso sejam computados os quantitativos de adesões possíveis à ata de registro de preços, assinada em (16/01/2020), o valor total licitado alcançaria o montante de R$ 193.875.101,10”, destaca o tribunal.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.