ABI - Liberdade de imprensa
FRAUDE

Polícia Federal desencadeia operação que investiga fraude no auxílio emergencial

Conforme apurado, o investigado, que não teve a identidade revelada, criava contas falsas em nome de terceiros, no aplicativo Caixa Tem.

03/09/2021 10h22
Por: Fernanda Souza
Foto/Reprodução
Foto/Reprodução

Fraudes no pagamento do auxílio emergencial são o alvo da Operação Payback da Polícia Federal na quinta-feira (02/09). Os policiais cumpriram em Aracaju um mandado de busca e apreensão, expedido pela 7ª Vara Federal da Justiça em Sergipe. A Justiça determinou ainda o bloqueio dos valores ilicitamente obtidos para possibilitar o ressarcimento da fraude.

A investigação teve início no mês de abril do corrente ano, a partir da análise das informações registradas na Base Nacional de Fraudes ao Auxílio Emergencial (BNAFAE), que resultou na identificação de desvio de valores em 11 contas digitais do auxílio emergencial.

Conforme apurado, o investigado, que não teve a identidade revelada, criava contas falsas em nome de terceiros, no aplicativo Caixa Tem. Em seguida, gerava boletos bancários que eram pagos com os valores desviados. As contas bancárias do próprio suspeito eram destinatárias final dos recursos.

Crimes

O alvo é suspeito da prática de crime de estelionato e lavagem de dinheiro, cujas penas somadas podem superar 16 anos de reclusão, além do pagamento de multa.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.