ABI - Liberdade de imprensa
EVANGÉLICOS

João Doria multa Bolsonaro, Magno Malta, Silas Malafaia e Marco Feliciano por não usarem máscaras em SP

Todos os que foram identificados sem máscaras no carro de som serão multados pelo governador João Doria

08/09/2021 23h06
Por: Vanderlei Filho
Foto/Reprodução
Foto/Reprodução

O Governo de São Paulo anunciou na quarta-feira (08/09) que aplicará multa no presidente Jair Bolsonaro e outras 13 pessoas que foram identificadas por estarem sem máscara no carro de som durante a manifestação na Avenida Paulista.

Entre os multados estão: deputado federal Marco Feliciano, ex-senador Magno Malta, o pastor Silas Malafaia, o secretário de Cultura Mario Frias, a deputada federal Carla Zambelli, o subsecretário de Cultura André Porciuncula, o deputado estadual Danilo Balas, o deputado federal Girão Monteiro, o deputado federal Marcio Labre, o cantor Netinho, a prefeita de Bauru Suellen Rossin e o ministro da Infraestrutura Tarcísio Gomes de Freitas.

As autuações se dão pela lei estadual e federal de nº 14.019 de 2020, que obriga o uso de máscaras de proteção em razão da pandemia de Covid-19.

Com essa multa, Bolsonaro já acumula sete autuações pelo mesmo motivo, todas elas por participar de eventos no estado de São Paulo sem utilizar a máscara.

No ano de 2019 o pastor Silas Malafaia, líder da igreja Vitória em Cristo e apoiador do presidente Jair Bolsonaro, ligada à Assembleia de Deus, virou réu junto com o ex-prefeito do Rio de Janeiro Eduardo Paes em uma ação de improbidade administrativa. Segundo a denúncia, a prefeitura aplicou, sem licitação, R$ 1,6 milhão no evento religioso Marcha Para Jesus, em 2012.

RELEMBRE O CASO

Malafaia vira réu em esquema de corrupção que desviou mais de R$ 1,6 milhão dos cofres públicos

https://www.zerohoranews.com.br/noticia/2345/malafaia-vira-reu-em-esquema-de-corrupcao-que-desviou-r-1-6-milhao-dos-cofres-publico

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.