ABI - Liberdade de imprensa
FRAUDE

PF realiza operação contra fraude no Sistema S

As investigações apontam que as empresas beneficiadas receberam cerca de R$ 3 milhões.

10/09/2021 10h44Atualizado há 2 semanas
Por: Fernanda Souza
Foto/Reprodução
Foto/Reprodução

A Polícia Federal deflagrou, na manhã desta sexta-feira (10/09), a Operação Sierra, que investiga uma série de irregularidades nas administrações regionais do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) e Instituto Euvaldo Lodi (IEL). São cumpridos quatro mandados de busca e apreensão, no DF e no Rio de Janeiro.

De acordo com a Polícia Federal, IEL firmou contratos de prestação de serviços com empresas de propriedade de dirigente do Sistema S, o que é proibido pela lei. As investigações apontam que as empresas beneficiadas receberam cerca de R$ 3 milhões.

Os possíveis crimes cometidos são de furto qualificado, falsidade documental e associação criminosa, com penas que podem chegar a 16 anos de reclusão.

Em nota, o IEL disse que recebe com tranquilidade a investigação da PF. De acordo com o Instituto, os mesmos fatos também são apurados internamente e judicialmente, em ações que o IEL busca ressarcimento. "O Instituto Euvaldo Lodi do Distrito Federal está colaborando integralmente com as apurações, pois é o maior interessado no resultado, uma vez que estamos diante de fatos que prejudicaram não só os cofres do Instituto, mas também a sua imagem", diz a nota. 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.