ABI - Liberdade de imprensa
CORRUPÇÃO

Vereador é preso pela 2ª vez por suspeita de corrupção

Ainda de acordo com a polícia, o vereador seguia agindo mesmo após ser preso.

29/12/2021 12h03
Por: Fernanda Souza
Foto/Reprodução
Foto/Reprodução

O vereador Alberi Galvani Dias, de Canela, na Serra do Rio Grande do Sul, foi preso pela segunda vez, na terça-feira (28/12). Ele é suspeito de envolvimento em esquema de corrupção na prefeitura da cidade.

Dias já havia sido preso em novembro durante a Operação Caritas, que apurou um suposto esquema de rachadinha e de fraude em compras feitas pela Prefeitura de Canela. Na ocasião, o secretário de Obras do município, Luís Cláudio da Silva, e o interventor do Hospital de Caridade, Vilmar Santos, também foram presos.

Segundo a polícia, após a análise de documentação apreendida nos endereços do investigado durante a operação, novos elementos indicaram a efetiva participação do vereador na organização criminosa, agindo com liderança e mantendo núcleo próprio para praticar diversos crimes.

Ele é suspeito de utilizar empresas, sendo algumas de fachada, e parentes para vencer muitas concorrências de obras com a prefeitura municipal, em diversas secretarias e de vários tipos de serviços. Conforme a polícia, inclusive usando CNPJs sem o conhecimento e consentimento dos proprietários e responsáveis pelas empresas, além de realizar atos de lavagem de dinheiro com veículos, imóveis e valores.

Ainda de acordo com a polícia, o vereador seguia agindo mesmo após ser preso, inclusive influenciando agentes políticos, já que não foi aberto processo administrativa para apurar as suspeitas contra ele.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.