Quinta, 19 de Maio de 2022
17°

Poucas nuvens

Teixeira de Freitas - BA

Notícias PERIGO

Colégio suspende provas após ameaça de massacre

Esse é o 4º caso apenas neste mês.

25/04/2022 às 21h13
Por: Fernanda Souza
Compartilhe:
Foto/Reprodução
Foto/Reprodução

Uma ameaça de massacre fez com que a direção do Colégio Estadual Raphael Serravalle, localizado na Pituba, em Salvador,  suspendesse as provas da primeira unidade, que seriam realizadas nesta segunda-feira (25/04). A ameaça foi feita em um espelho da instituição, assustando estudantes, professores e funcionários.

Ao bahia.ba, a Secretaria da Educação do Estado (SEC) disse que acionou a Secretaria da Segurança Pública (SSP) para investigar o que chamou de “suposta ameaça” e enviou apoio para garantir que as atividades acontecessem normalmente na escola. Ainda de acordo com a SEC, viaturas e agentes da Polícia Militar (PM) permaneceram na porta do colégio ao longo do dia.

Já a SSP informou que a Polícia Civil (PC) investiga a ameaça e garantiu também que a PM está reforçando o patrulhamento no local. Segundo a secretaria, as aulas vão permanecer ocorrendo normalmente nos próximos dias.

Outras ocorrências

Apenas neste mês de abril, outras três ameaças de massacre ocorreram em escolas de Salvador.

– Colégio Salesiano Dom Bosco

No dia (08/04), alunos do Colégio Salesiano Dom Bosco, instituição particular, relataram que estavam recebendo mensagens anônimas com ameaça de massacre nas dependências do colégio. Segundo os estudantes, a autora da ameaça seria vítima de bullying na escola e que teria ameaçado ir à aula levando uma arma branca. A PM chegou a ir no local e a escola afirmou que os boatos de massacre seriam ‘fake news’ e que a instituição já está investigando os envolvidos e medidas cabíveis serão tomadas.

– Colégio Duque de Caxias – Liberdade

Já no Colégio Estadual Duque de Caxiais, na Liberdade, pais dos alunos denunciaram pichações escritas nas paredes e nas carteiras das unidades afirmando que haveria massacre no dia (11/04).

Riscaram as cadeiras e paredes do colégio dizendo que haveria massacre no dia (10/04) e (11/04) causando pânico e fazendo com que muito alunos não fossem na escola. Em nota, a SEC informou na época que, ao identificar escrito de suposta ameaça em uma carteira escolar, acionou a PM e a Ronda Escolar, que estiveram na escola. A Polícia Civil investiga o caso.

– Centro Educacional Titânia – Cajazeiras

No início do mês, uma ameaça de atentado amedrontou os pais de estudantes do Centro Educacional Titânia, em Cajazeiras. Um perfil anônimo em uma rede social, intitulado com as iniciais do colégio, publicou, no dia (01/04), um texto informando que “haveria um massacre segunda-feira”.

A Polícia Civil informou que a página foi apagada após a repercussão e o pânico causado. O caso é investigado pela 13ª Delegacia Territorial (DT/Cajazeiras). A direção do Centro Educacional Titânia não se manifestou sobre o assunto.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Teixeira de Freitas - BA Atualizado às 21h24 - Fonte: ClimaTempo
17°
Poucas nuvens

Mín. 15° Máx. 27°

Sex 28°C 13°C
Sáb 28°C 16°C
Dom 27°C 17°C
Seg 26°C 17°C
Ter 28°C 18°C
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes