WhatsApp

73 99859-0076

ABI - Liberdade de imprensa
Bolsa Família

Pessoas abaixo da pobreza não devem ser penalizadas, diz Negromonte Jr. sobre Bolsa Família

Diante da crise da Covid-19, deputado baiano pediu que o governo federal reveja cortes de 96 mil benefícios no Nordeste

22/03/2020 13h55
Por: Valeria Alves
Foto: Alex Ferreira/Câmara dos Deputados
Foto: Alex Ferreira/Câmara dos Deputados

O deputado federal Mário Negromonte Júnior (PP) afirmou que, se mantidos, os cortes no Bolsa Família feitos pelo governo Bolsonaro penalizarão famílias que vivem abaixo da linha de pobreza.

Na tesourada mais recente, o Nordeste voltou a ser o mais prejudicado. Foram 96.861 (ou 61,1%) bolsas a menos na região que responde por metade dos benefícios totais do país.

“Estou solicitando do governo federal que reveja os cortes de 96.861 (61%) de beneficiários do Bolso Família do Nordeste. Acredito que o Ministro da Cidadania vai se sensibilizar e atender o nosso pedido, sobretudo pela grave crise que passamos com o coronavírus. As pessoas que vivem abaixo da pobreza não devem ser penalizadas, especialmente neste momento em que nós estamos passando pela pior crise dos últimos tempos”, disse Negromonte.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.