WhatsApp

73 99859-0076

ABI - Liberdade de imprensa
Créditos

Em live com Bolsonaro, BNDES anuncia crédito a empresas de todos os portes: ‘R$ 55 mi’

Banco também suspendeu cobranças de dívidas por seis meses; presidente disse que BNDES fará a transferência de R$ 20 bilhões do Fundo PIS-PASEP para FGTS

22/03/2020 17h22
Por: Valeria Alves
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Em live com a presença do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), no domingo (22/03), o Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) anunciou como medida de enfrentamento à crise causada pelo novo coronavírus o crédio rápido às empresas brasileiras de todos os portes. Cerca de R$ 55 milhões, afirma. Além disso, também suspendeu, por até seis meses, o pagamento de empréstimos contratados.

Presidente do banco, Gustavo Montezano afirmou no ao vivo, transmitido pelo YouTube, que o banco, por ser um “braço direito do governo federal, alinhado a todos os ministérios”, estará a serviço “do Brasil e do povo Brasileiro”.

Serão atendidos com a ação setores como petróleo e gás, aeroportos, portos, energia, transporte, mobilidade urbana, saúde, indústria e comércio e serviços, num total de R$ 30 BI, sendo R$ 19 BI para as operações diretas e R$ 11 BI para indiretas.

Nas palavras de Montezano, a crise econômica que deve enfrentar os pequenos e médios empresários no país, “vai passar”. “A crise vai passar. O nosso objetivo, agora, é uma ferramenta que assuma os riscos para ajudar o setor a cruzar a ponte. Algo concreto, no curto prazo, para esses empreendedores”

E reforçou que o banco está “de braços abertos”. “Nos somos um banco a serviço do Brasil e do povo brasileiro. Com muita humildade, estamos aqui. Tenho certeza que sairemos dessa mais forte e mais unido, melhor até do que entrou”.

BNDS vai transferir R$ 20 mi
No início da transmissão, o presidente Jair Bolsonaro adiantou, ainda quanto às medidas de enfrentamento à crise, que o BNDES fará a transferência de R$ 20 bilhões do Fundo PIS-PASEP para o FGTS, possibilitando, segundo el, novos saques ao trabalhador.

“Quero dizer apenas que o BNDS nos orgulha. Essa menina que você toma agora, com muita cautela, nos dá a tranquilidade de que novas medidas virão. O coronavirus é uma coisa preocupante, sim, principalmente para os mais idosos, a quem devemos nossa presença na terra”, disse o presidente a Gustavo Montezano. Ao encerrar sua participação, Bolsonaro disse ainda que “as meninas virão para a manutenção de empregos porque a vida tem que continuar”.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.