WhatsApp

73 99859-0076

ABI - Liberdade de imprensa
Secretários da Sáude

Secretários Estaduais de Saúde do Brasil criticam Bolsonaro: ‘Estarrecidos’

É preciso demonstrar ao Brasil as suas consequências e a necessidade de que a população perceba a gravidade do momento que estamos vivendo

25/03/2020 08h52Atualizado há 3 dias
Por: Valeria Alves
Foto: Agência Brasil
Foto: Agência Brasil

O Conselho Nacional de Secretários de Saúde afirmou em nota enviada à imprensa que ficou “estarrecido” com o pronunciamento do presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido) na noite da última  terça-feira (24/03) sobre a pandemia do coronavírus no país.

“É preciso demonstrar ao Brasil as suas consequências e a necessidade de que a população perceba a gravidade do momento que estamos vivendo. Temos, juntamente com o Ministério da Saúde, os municípios e a própria sociedade brasileira, empreendido uma intensa luta no enfrentamento da Covid-19”, afirma a nota.

“Todas as decisões e recomendações do Conass e do Ministério da Saúde têm se baseado em evidências científicas, na realidade nacional e internacional e buscado inspiração nas melhores práticas e exemplos de condutas exitosas ao redor do mundo. É este o esforço que temos empreendido em defesa de nossa pátria e de nossos irmãos e irmãs brasileiros. É dessa forma, desassombrada e corajosa, na direção correta que queremos seguir na missão de defender nossa gente”, diz o comunicado.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.