E-mail

zerohoranews2[email protected]

WhatsApp

73 99859-0076

ABI - Liberdade de imprensa
Homicídio

Homossexual foi executado a tiros,conhecido como Aninha Abelha

Foi assassinado com vários tiros a queima-roupa

06/04/2020 08h30
Por: Valeria Alves
Foto/Reprodução
Foto/Reprodução
A violência não dá trégua na cidade de Ilhéus. Um homossexual, conhecido apenas por Aninha Abelha, foi assassinada com vários tiros à queima-roupa e outro ferido, no interior de uma residência, na comunidade de Vila Cachoeira, na madrugada do último domingo (05/04). 
 
De acordo com informações apuradas pela reportagem homens fortemente armados e encapuzados chegaram na localidade gritando o nome da facção criminosa Tudo 2 e, em seguida, invadiram a residência e passaram atirar várias vezes contra as vítimas. O sobrevivente identificado por Leonardo Sales Ferreira, 30 anos, residente na rua Beira Rio, foi atingido por disparo de arma de fogo na cabeça e encaminhado pelo Samu 192 para emergência do Hospital Regional Costa do Cacau. 
 
A polícia não descarta a possibilidade que o crime tenha ligação com a guerra entre facções e a disputa pelo território de drogas. O corpo do homossexual foi removido para o DPT para necrópsia. Na mesma ação, Leonardo Sales, 30 anos, foi baleado na cabeça e está no Hospital Costa do Cacau. Ilhéus teve o mês de março mais violento dos últimos anos: foram 16 assassinatos e abril não está diferente. Já são 2 mortes, em 2020 e a cidade já contabiliza 30 assassinatos.
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.