WhatsApp

73 99859-0076

ABI - Liberdade de imprensa
Morte

Jovem que estava desaparecido foi deixado sem vida em quartel do Corpo de Bombeiros

Família estava sem notícias de João Pedro Matos Pinto, de 14 anos, desde que ele foi baleado e levado por um helicóptero da Polícia Civil do Complexo do Salgueiro na tarde desta segunda

20/05/2020 08h20
Por: Valeria Alves
Foto/Reprodução
Foto/Reprodução
Corpo de Bombeiros informou que o estudante João Pedro Matos Pinto, de 14 anos, foi deixado sem vida, por volta das 15h desta segunda-feira, no Grupamento de Operações Aéreas (GOA) da Lagoa, na Zona Sul do Rio, por um helicóptero da Polícia Civil.Oestudante foi levado pela aeronave após ser baleado  no Complexo do Salgueiro, em São Gonçalo, durante uma operação policial. A família ficou sem notícias do jovem desde que ele foi levado pelos agentes.
O helicóptero da Polícia Civil percorreu cerca de 40 km com o corpo do estudante do município da Região Metropolitana até a área do Corpo de Bombeiros na capital. De lá, ele foi levado ao IML de Tribobó, de volta a São Gonçalo.
Desde então, a família tinha apenas a informação de que havia no IML o corpo de um jovem com as características do João Pedro. Um tio e um primo do estudante fizeram o reconhecimento dele, nesta manhã.
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.