WhatsApp

73 99859-0076

ABI - Liberdade de imprensa
Posicionamento

Em vez de tratar de política, Eduardo Bolsonaro ataca Netflix

Parlamentar vê sexualização infantil no filme Lindinhas, ao invés de se posicionar sobre temas como pandemia, emprego e reformas

13/09/2020 15h00Atualizado há 1 semana
Por: Valeria Alves
Foto/reprodução
Foto/reprodução

Em um momento que a política brasileira debate a pandemia de Covid-19, emprego, contas públicas e reformas, o deputado federal Eduardo Bolsonaro usou o twitter para falar do filme Lindinhas, da Netflix.”Meu repúdio a essa porta escancarada para a pedofilia!”, escreveu.

A patrulha do filho do presidente integra um movimento mundial contra a produção, que no último sábado deixou a hashtag #CancelNetflix nos trending topics da rede social no sábado (12/09).

Lembra também o especial de Natal da mesa plataforma, que chegou a ser retirado do ar pela no Brasil pela Justiça. Na época, a sede da produtora que fez o especial foi atacada por coqueteis molotov. Acusado de ser o responsável pelo delito, o empresário Eduardo Fauzi foi preso há 10 dias.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.