WhatsApp

73 99859-0076

ABI - Liberdade de imprensa
ELEIÇÕES 2020

Eleitores que possuem deficiência visual poderão ouvir o nome do candidato na urna

O recurso de sintetização de voz será usado pela primeira vez na história da urna nas eleições brasileiras

14/11/2020 14h03Atualizado há 2 semanas
Por: Valeria Alves
Foto/reprodução
Foto/reprodução

Os eleitores com deficiência visual poderão ouvir o nome do candidato escolhido após digitar o número correspondente na urna eletrônica no primeiro turno das Eleições 2020, que acontecem neste domingo (15/11).

O recurso de sintetização de voz será usado pela primeira vez na história da urna nas eleições brasileiras.

Para utilizar o recurso, o eleitor terá que informar o mesário sobre sua deficiência visual, para que o recurso seja habilitado e ele receba fones de ouvido, necessários para garantir o sigilo do voto.

Segundo Rodrigo Coimbra, chefe da Seção de Voto Informatizado da Secretaria de Tecnologia da Informação do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), a partir de pesquisas e após o descarte das urnas mais antigas, dos modelos 2006 e 2008, o tribunal teve condições técnicas para implementar a sintetização de voz para as Eleições 2020.

De acordo com o TSE, a tecnologia não gerou custos para o tribunal por ter sido baseada em software livre.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.