WhatsApp

73 98840-9200

ABI - Liberdade de imprensa
REVELAÇÃO

'Globo tinha quartinho do pó e do c*’, entrega Oscar Magrini

Segundo o ator, para entrar nas produções da emissora carioca em 1988 era necessário usar droga e fazer sexo com o diretor

27/11/2020 14h32Atualizado há 2 meses
Por: Valeria Alves
Foto/Reprodução
Foto/Reprodução

Teste do sofá ficou no passado, pelo menos é isso que o ator Oscar Magrini garantiu sobre a TV Globo. A fala polêmica do veterano foi dita em uma live com a atriz Maria Zilda, feita na última semana em seu perfil no Instagram.

Indagado por um fã para poder falar um pouco mais sobre a prática do teste do sofá, que é quando um ator vai para cama com o diretor para conseguir um papel em alguma produção, Magrini entregou que o jogo era mais embaixo na emissora carioca.

“Meu amigo falou: Cleyde, ele quer fazer novela na Globo. Aí ela me olhou e falou assim: para entrar, você precisa participar do quartinho do PC. Eu falei: PC? Quem é? Ela respondeu: É o quartinho do pó e do c*”.

A conversa de Oscar sobre o assunto aconteceu com a atriz Cleyde Yáconis, em 1988. Segundo o ator, ela teria perguntado: “Você cheira? Não. Você dá o c*? Eu falei que não. Então não vai entrar. Isso a dona Cleyde Yáconis, uma senhora!”.

Zilda, que foi casada com um diretor da Globo, confirmou a história do veterano. “Eu sei muito bem como aquilo funcionava, fui casada com diretor [da Globo]. Não é teste do sofá, não. É teste do c*”.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.