WhatsApp

73 98840-9200

ABI - Liberdade de imprensa
GRANDE ROUBO

Ex-funcionário da realeza é preso após roubar R$ 980 mil em itens do Palácio

Os itens foram furtados entre novembro de 2019 e agosto de 2020, e foram vendidos por um valor abaixo do que realmente valiam

08/01/2021 15h35
Por: Valeria Alves
Foto/Reprodução
Foto/Reprodução

ex-assistente do serviço de buffet da Rainha Elizabeth II, Adamo Canto, foi preso após confessar ter furtado itens do Palácio de Buckingham.

De acordo com a BBC, o rapaz de 37 anos foi julgado na última segunda-feira (04/01) e condenado a oito meses de prisão, depois de encontrarem em sua posse uma quantidade significativa de objetos reais furtados entre novembro de 2019 e agosto de 2020.

Canto ainda confessou que vendeu alguns itens reais pelo eBay. Entre os objetos roubados estavam fotos oficiais assinadas pelo Príncipe Harry, William e Kate Middleton, uma fotografia de Donald Trump em uma visita ao Reino Unido e medalhas. Ao todo foram roubados 77 itens.

Segundo o promotor Simon Maughan, os itens roubados estavam avaliados entre R$ 94 mil e R$ 980 mil, porém eles foram vendidos por um valor abaixo do que realmente valiam, e Canto só faturou R$ 72 mil com o negócio.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.