WhatsApp

73 98840-9200

ABI - Liberdade de imprensa
TRISTEZA

Médico pessoal do papa morre após ser infectado pelo novo coronavírus

Francísco confirma que vai se vacinar e criticou negacionismo suicida;Fabrizio Soccorsi tinha 78 anos

11/01/2021 00h11
Por: Valeria Alves
Foto/Reprodução
Foto/Reprodução

Médico pessoal do papa Francisco desde 2015, Fabrizio Soccorsi morreu no último sábado (09/01) vítima da Covid-19. Segundo a assessoria do Vaticano, o médico foi internado para tratamento contra o Câncer no hospital Policlínico Gemelli, de Roma. Complicações derivadas da infecção pelo novo coronavírus levaram ao óbito.

No mesmo dia, o pontífice confirmou em entrevista a à emissora de televisão Canale 5 que vai se vacinar contra a Covid-19 na próxima semana. O religioso ressaltou que “há um negacionismo suicida que não consigo explicar”.Na vizinha Itália, a vacinação contra a Covid-19 já começou. Cerca de 500 mil pessoas já tenham recebido a primeira dose da vacina.

“Acredito que do ponto de vista ético todos devem ser vacinados, porque você não só põe em risco a sua saúde, a sua vida, mas também a dos outros”, argumentou o papa. “Quando eu era criança, lembro-me da epidemia de poliomielite, por causa da qual muitas crianças ficaram paralisadas e todo o mundo esperava ansiosamente pela vacina”. 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.