WhatsApp

73 98840-9200

ABI - Liberdade de imprensa
MUDANÇA

Após 45 anos de existência, grupo baiano OAS muda de nome

Recentemente a atual Metha foi absolvida por sobrepreço em obra da Lava Jato por falta de provas para justificar a condenação

12/01/2021 12h52
Por: Valeria Alves
Foto/Reprodução
Foto/Reprodução

Após 45 anos de existência, o grupo baiano OAS, controlado pela família Mata Pires, adotou um novo nome, Metha.

A empresa de engenharia e construção, que se tornou referência técnica na área de infraestrutura, seguiu a linha de outros grupos como a Camargo Corrêa, que em 2018 passou a se chamar Mover, e a Odebrecht, que mudou o nome para NovoNor, as três investigadas pela operação Lava-Jato.

 O novo nome é a palavra meta com a adição de um H, sem significado além de “objetivo”.

Recentemente a atual Metha foi absolvida por sobrepreço em obra da Lava Jato por falta de provas para justificar a condenação.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.