WhatsApp

73 98840-9200

ABI - Liberdade de imprensa
POSICIONAMENTO

Ministro da Saúde anuncia medidas um dia após Lewandowski autorizar abertura de inquérito

Eduardo Pazuello é alvo de inquérito no Supremo Tribunal Federal por crise no sistema de saúde de Manaus

26/01/2021 15h26
Por: Valeria Alves
Foto/reprodução
Foto/reprodução
O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, anunciou uma série de medidas de enfretamento à pandemia de Covid-19, um dia após o ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal (STF), instaurar um inquérito para apurar a atuação da pasta durante a crise de saúde pública em Manaus. Dentre as ações apresentadas por Pazuello está o apoio ao prefeito de Manaus e ao governador do Amazonas.
"Ao lado do governador e do prefeito. Nossa posição é de apoio, todo nosso trabalho é em consonância", afirmou. O ministro ainda defendeu que a sua pasta foi atuante desde o primeiro momento em que a crise foi instaurada no estado."O que fizemos? Trabalhamos para equalizar o oxigênio . E hoje já está, nos dando possiblidade de ampliar estruturas como esta que estamos hoje", disse. "Fizemos expansão da capacidade na White Martins, com contratação de usinas geradoras individuais, de todo Brasil, que estão sendo instalada sem Manaus". 
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.