WhatsApp

73 98840-9200

ABI - Liberdade de imprensa
IMUNIZAÇÃO

Rui Costa volta a criticar Anvisa pela demora na aprovação das vacinas: ‘Má vontade’

Governador da Bahia mais uma vez atribuiu ao governo federal a responsabilidade pela lentidão no cronograma de imunização

17/02/2021 16h21Atualizado há 1 semana
Por: Valeria Alves
Foto/reprodução
Foto/reprodução

O governador da Bahia, Rui Costa (PT), voltou a criticar o governo federal e a Anvisa pela lentidão no processo de imunização dos brasileiros contra o coronavírus. De acordo com o petista, o governo Bolsonaro mostra “absoluto descaso com a vida humana” e “absoluta incapacidade de planejar e cuidar da vida das pessoas”.

“[Bolsonaro] não programou, não negociou com os laboratórios, e pior, a Anvisa que é a agência federal, desde o início da pandemia tem demonstrado má vontade, lentidão, e na minha opinião, absoluta falta de sensibilidade com a vida humana”, criticou Rui Costa em entrevista à TV Aratu.

Para exemplificar, Rui citou as vacinas da Pfizer e Sputnik V que foram aprovadas por agências internacionais, mas que não foram compradas pelo governo federal e nem mesmo aprovadas pela Anvisa.

“Hoje as pessoas sofrem, outras morrem, o Brasil ultrapassa 240 mil óbitos, por causa da negligência, da incapacidade e incompetência do governo federal e da lentidão e morosidade da Anvisa”, afirmou.

O governador ainda relembrou que 10 milhões de doses da Sputnik V estarão disponíveis em um curto período de tempo e que podem ser adquiridos pelo Brasil, mas que enquanto não houver a aprovação da Anvisa, não poderão ser compradas.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.