ABI - Liberdade de imprensa
ASSASSINATO

Chefe da Guarda Municipal de Canarana, na BA, é morto a tiros em praça da cidade

Fabrício Rocha estava trabalhando, na companhia de outro guarda, quando foi atacado por trio em carro. Ele morreu no local do crime.

01/03/2021 12h19
Por: Vanderlei Filho
Foto/Reprodução
Foto/Reprodução

O chefe da Guarda Municipal de Canarana, Fabrício Rocha, foi morto a tiros enquanto trabalhava em uma praça da cidade, que fica no norte da Bahia. De acordo com informações da 14ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin), o crime aconteceu por volta das 10h deste domingo (28/02).

 

Segundo a polícia, três homens chegaram em um carro e atiraram contra ele. Fabrício, que estava na companhia de outro guarda, morreu no local. Não há informações sobre a motivação do crime e nem sobre suspeitos.

 

Em nota, o prefeito de Canarana, Zeni, lamentou a morte de Fabrício. "Com um imenso pesar, recebi a notícia do falecimento de Fabrício Rocha Dourado, chefe da Guarda Municipal de Canarana. Fabrício foi um companheiro de muitos momentos, querido pela sociedade de Canarana, nos deixou na manhã de hoje. Rogo a Deus que cuide bem da família e dos filhos que ele deixa e que dê consolo ao coração de todos. Que possamos guardar as boas lembranças, a alegria e o sorriso de Fabrício sempre conosco", disse.

 

A prefeitura de Canarana decretou luto de três dias no município. "Na segunda-feira (1º), os órgãos da administração municipal estarão fechados, funcionando apenas os serviços de saúde e segurança. Terça e quarta (02 e 03/03), os órgãos da administração funcionarão apenas em regime interno", diz o comunicado publicado na página oficial da prefeitura nas redes sociais.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.