ABI - Liberdade de imprensa
AÇÃO

Lula perde ação contra jornalistas e é obrigado a pagar R$ 31,9 mil

Defesa de petista alegava danos morais

04/04/2021 00h00
Por: Vanderlei Filho
Foto/Reprodução
Foto/Reprodução

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) perdeu ação de dano morais, contra 3 ex-jornalistas da Revista Época por reportagem publicada em 2015 e foi obrigado a pagar R$ 31.940,14 em honorários ao advogado dos profissionais.

Lula entrou com ação na 12ª Vara Cível de Brasília em 2015 questionando reportagem assinada pelos jornalistas Thiago Bronzatto e Filipe Coutinho que mostrava investigação da Procuradoria no Distrito Federal para apurar se o petista teria atuado para favorecer a Odebrecht no exterior.

O ex-presidente perdeu a ação e recorreu ao TJ-DFT (Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios) e ao STJ (Superior Tribunal de Justiça), mas teve todos os pedidos negados.

A capa da edição 882 da Revista Época tinha o título “Lula, o operador”. O 3º jornalista processado pelo ex-presidente foi o então editor-chefe da publicação, Diego Escosteguy.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.