ABI - Liberdade de imprensa
VEJA VÍDEO

CRM denuncia vereador por dar voz de prisão a médica e denunciar máfia da saúde

O CRM pede a indenização solidária de R$ 500 mil por dano moral coletivo contra a classe médica

05/04/2021 08h18Atualizado há 2 semanas
Por: Redação
Foto/Reprodução
Foto/Reprodução

O Conselho Regional de Medicina do Rio de Janeiro (Cremerj) denunciou o vereador Gabriel Monteiro por abuso de autoridade ao Ministério Público do Rio. O parlamentar divulga vídeos em redes sociais dando “voz de prisão” a profissionais de saúde.

Gabriel Monteiro é policial militar e foi eleito vereador pelo PSD. Ele é conhecido por publicar vídeos em redes sociais realizando denúncias no estado do Rio. Gabriel é réu em uma ação civil pública no Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro.

No vídeo em questão, o parlamentar denuncia “omissão de socorro” em uma Unidade de Pronto Atendimento na Zona Norte do Rio (UPA) e da voz de prisão a médica que estava indo embora antes do fim do plantão.

O Cremerj pede a indenização solidária de R$ 500 mil por dano moral coletivo contra a classe médica. Na denúncia, o vereador pode ser investigado por abuso de autoridade e infração de medida sanitária preventiva.

O parlamentar se posicionou contra a acusação em redes sociais:

"Posso ser preso, perder meu mandato, e ficar inelegível, por fiscalizar a máfia da saúde."  publicou.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.