ABI - Liberdade de imprensa
TEORIAS

Família de Tom Veiga suspeita que a causa da morte possa ter sido por envenenamento

Familiares de Tom suspeitam que a sua ex-mulher, teria agido para conseguir ser incluída no testamento e ficar com a herança.

06/04/2021 19h24Atualizado há 2 semanas
Por: Fernanda Souza
Foto/Reprodução
Foto/Reprodução

Cinco meses após a morte de Tom Veiga, a família do intérprete de Louro José deve pedir exumação do corpo do eterno companheiro de Ana Maria Braga no ‘Mais Você’, por suspeita de envenenamento.

Os familiares do artista suspeitam que a ex-companheira de Tom, Cybelle Hemínio da Costa Veiga, teria agido para conseguir ser incluída no testamento e ficar com a herança do ator.

Um áudio atribuído a Tom Veiga, intérprete de Louro José, no qual o eterno companheiro de Ana Maria Braga no ‘Mais Você’ afirma que quer tirar a ex-mulher, Cybelle Hemínio da Costa Veiga, do seu testamento.

Na gravação, que teria sido enviada por Tom ao amigo nos dias 29 e 30 de outubro, 4 dias antes de sua morte, ele afirma que está bastante atarefado, mas pede ajuda ao amigo para ser testemunha da ação no cartório. “Pode ir lá comigo para cancelar essa bosta?”, pergunta Tom.

O amigo de Tom perguntou o motivo de não poder aguardar um dia para fazer a remoção, e ele conta que teria que acompanhar a instalação de câmeras de segurança em sua casa. “Fica sossegado. Não pretendo morrer esta semana, não”.

O testamento deixado por Tom estava com 50% dos bens direcionados para Cybelle, e 12,5% para cada um dos quatro filhos, que moveram uma ação cível para provar judicialmente que a ex-companheira dele é indigna da herança.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.