ABI - Liberdade de imprensa
CRIME

Uma suposta tentativa de estupro terminou em dupla tentativa de homicídio

Os envolvidos foram conduzidos e apresentados na Delegacia da Polícia Civil de Teixeira de Freitas (Plantão Regional).

29/04/2021 18h02
Por: Fernanda Souza
Foto/Reprodução
Foto/Reprodução

O pequeno Distrito de Nova Alegria, em Itamaraju, foi palco de dois homicídios tentados, fato ocorrido na tarde de terça-feira (27/04) por volta das 17h00. Segundo informações, policiais militares da 43ª Companhia Independente de Polícia (CIPM) passava pela Rua José Gomes de Almeida e visualizaram os envolvidos, Manoel Machado de Souza, de 56 anos, e Fizelito Martins de Souza Neto, de 25 anos em luta corporal.

O outro envolvido na confusão, a pessoa de Gildásio Santana de Souza, havia recebido um tiro, por parte do Manoel, e o tiro acertou a região da testa. O Gildásio foi socorrido por moradores para o Hospital Municipal de Itamaraju (HMI), e seu estado de saúde é estável. Em meio às discussões, o Manoel também atirou contra o Fizelito, mas, o tiro passou de raspão, perfurando a lateral direita da camisa do desafeto.

Não satisfeito, passou agredi-lo com coronhadas em sua cabeça causando escoriações. O Manoel estava em posse de uma arma de fogo, tipo espingarda da marca Rossi, calibre .36, arma com a qual efetuou os disparos. Segundo o Fizelito, as agressões teriam sido motivadas por uma suposta tentativa de estupro, cometida por seu pai Gildásio, contra uma senhora, moradora do distrito. O Manoel tentou empreender fuga mas, foi detido pelos policiais militares.

Na sequência, os envolvidos foram conduzidos e apresentados na Delegacia da Polícia Civil de Teixeira de Freitas (Plantão Regional). O delegado plantonista, Bruno Ferrari, pegou em flagrante o Manoel por porte ilegal de arma de fogo, no Art. 14 e por tentativa de homicídio, no Art. 121, e ele segue preso na custódia da Polícia Civil de Teixeira de Freitas, à disposição da Justiça.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.