ABI - Liberdade de imprensa
EDUCAÇÃO

Professores podem decretar greve em assembleia nesta quarta-feira (05/05)

A capital baiana iniciou na segunda-feira (03/05) a retomada das aulas no modelo semipresencial.

04/05/2021 18h12Atualizado há 2 semanas
Por: Fernanda Souza
Foto/Reprodução
Foto/Reprodução

O Sindicato dos Professores (APLB) vai realizar uma assembleia com a categoria nesta quarta-feira (05/05), que pode decretar greve geral na rede municipal. Os profissionais de educação se negam a dar aulas presenciais enquanto todos os trabalhadores do ramo não estiverem imunizados. A capital baiana iniciou na segunda-feira (03/05) a retomada das aulas no modelo semipresencial.

Nesta terça-feira (04/05), a Justiça determinou que a Prefeitura vacine todos os professores em até 48 horas. “Decisão judicial não se questiona, se cumpre. Nós vamos cumprir de imediato e começar hoje mesmo a vacinação. Salvador vai ser a primeira cidade no Brasil a vacinar todos os trabalhadores da educação, disse o prefeito. Pelo menos 80% dos servidores já foram vacinados”, disse o prefeito Bruno Reis.

Questionado pelo bahia.ba, o diretor da APLB Rui Oliveira afirmou que a paralisação “está mantida”, mesmo após a decisão judicial. Nas redes sociais, o sindicato publicou um vídeo reafirmando a posição. “Negar a gravidade da Covid-19 e a necessidade de isolamento social já resultou em mais de 400 mil mortes no Brasil. Em defesa da vida, aulas presenciais só com imunização”, diz a legenda.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.