ABI - Liberdade de imprensa
SAÚDE

De acordo com boletim médico, o quadro de saúde de Bruno Covas ‘é irreversível’

O prefeito ficou 12 dias internado para tratar os novos focos da doença, mas voltou ao hospital cerca de uma semana após receber alta, depois de passar mal.

14/05/2021 20h44
Por: Fernanda Souza
Foto/Reprodução
Foto/Reprodução

O quadro clínico do prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), “é irreversível” de acordo com o boletim médico divulgado nesta sexta-feira (14/05) pela CNN Brasil. O gestor está internado desde 2 de maio no Hospital Sírio Libanês para tratar de um câncer na cárdia, diagnosticado inicialmente em outubro de 2019.

Na época em que descobriu o câncer na cárdia, região entre o esôfago e estômago, Covas passou por oito ciclos de quimioterapia, ao longo de quatro meses. Os exames também apontaram uma metástase no fígado e uma lesão dos linfonodos. Este ano, os médicos descobriram novos nódulos no fígado e ossos do prefeito.

Em abril ele foi orientado a voltar a realizar sessões de quimioterapia e imunoterapia. O prefeito ficou 12 dias internado para tratar os novos focos da doença, mas voltou ao hospital cerca de uma semana após receber alta, depois de passar mal.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.