ABI - Liberdade de imprensa
INVESTIGAÇÃO

Fachin, do STF, arquiva inquérito e proíbe PF de investigar Toffoli

Ministro também proibiu qualquer investigação com base em delação do ex-governador Sergio Cabra, que embasou pedido da PF

15/05/2021 13h17Atualizado há 1 mês
Por: Fernanda Souza
 Foto/Reprodução
Foto/Reprodução

O ministro do STF (Supremo Tribunal Fedferal), Edson Fachin, negou na última sexta-feira (14/05) pedido da Polícia Federal para investigar o seu colega, o ministro Dias Toffoli, que teve o nome citado em delação do ex-governador do Rio Sérgio Cabral.

Integrantes do Supremo ouvidos avaliaram que o ministro Fachin deu mais de um seus recados sobre a preocupação com os rumos da democracia no Brasil, após as seguidas crises institucionais provocadas pelo presidente Jair Bolsonaro. “Na linha do que ele vem falando. Ele vem se posicionando cada vez mais firme”, afirmou um interlocutor de Fachin. 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.