ABI - Liberdade de imprensa
CORRUPÇÃO

Apartamento de Flávio Bolsonaro foi comprado por empresário acusado de corrupção

Recurso obtido com a venda foi abatido na compra da mansão de R$ 6 milhões

07/06/2021 09h29Atualizado há 2 semanas
Por: Vanderlei Filho
Foto/Reprodução
Foto/Reprodução

O senador Flávio Bolsonaro comprou uma casa avaliada em R$ 6 milhões em março deste ano. O valor da mansão em Brasília é  quase quatro vezes maior do que o patrimônio declarado pelo senador em 2018 . Como justificativa para o pagamento, Flávio alegou a venda de um apartamento no Rio de Janeiro, que até então tinha a identidade do comprador oculta. 

A revista Veja, no entanto, descobriu que o "filho zero um" fez negócios com o empresário baiano Gervásio Meneses de Oliveira, que pagou 2,6 milhões de reais pelo imóvel, mas ainda não o colocou em seu nome.

Gervásio foi denunciado pela subprocuradora-geral da República, Lindôra Araújo, pelos crimes de  corrupção ativa e lavagem de dinheiro . Acusado de pagar propina a uma desembargadora do Tribunal Regional da Bahia para que ela interferisse num processo envolvendo uma de suas empresas. 

Além disso, ele também é denunciado por formação de quadrilha e crime contra a Lei de Licitações. O Ministério Público aponta Gervásio como beneficiário de um esquema que fraudava concorrência, e teria desviado R$ 625 mil de dinheiro público. No caso, a sentença obrigava o pagamento de uma dívida de R$ 96 milhões.

Segundo a revista, ele adiou a passagem do imóvel de Flávio para seu nome para "evitar chateação", ao saber que era o filho do presidente na outra ponta do negócio. 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.